Blog

PROTEAS – conheça essa flor pré-histórica

Você já ouviu sobre a Protea? A Protea é um gênero botânico que pertence à família Proteaceae e que abrange mais de 1400 espécies que estão presentes no Hemisfério Sul, mas em maior número na África e na Austrália. As espécies têm beleza exuberante e potencial ornamental, apresentando inflorescências com formas e cores peculiares, e que podem ter entre 12 centímetros e 30 centímetros de diâmetro. De acordo com os botânicos, as proteáceas estão entre as plantas com flores mais antigas que habitam a superfície terrestre.
 
As proteas são originárias de uma região onde hoje é a África do Sul. Seu aspecto super rústico é um traço que a flor carrega por ser uma das primeiras flores que se tem registro na história. Existem diversas variedades de espécies e formatos de proteas, muitas vezes com aspecto imponente como mostra visual de sua história.
 
De acordo com os registros, existem fósseis de proteas que chegam a datar cerca de 100 milhões de anos, mas apenas em 1735 que essa flor foi batizada pelo botânico Carl Linnares. A inspiração do nome foi o deus grego Proteus, que tinha o poder de metamorfose, devido ao fato da planta apresentar flores que mudam de forma conforme desabrocham. A espécie mais conhecida dentre elas é a Protea cynaroides (conhecida como Protea King), nativa da África do Sul.
 
Essas flores representam transformação, coragem e esperança. As proteas são bem mais resistentes e duradouras do que as flores normalmente costumam ser. Quando está em recipiente adequado e com água, podem ficar praticamente intactas por até duas semanas.

Apesar de ser uma flor pré-histórica, a produção de proteas começou no Brasil há apenas 20 anos. Nesse processo de introdução das flores, foram trazidas sementes da África do Sul de diversas espécies de proteas, mas nem todas se adaptaram às condições climáticas e de solo do país.
 
A criação delas se difere das criações de outros diversos tipos de flores, uma vez que elas não ficam em estufas. As proteas são cultivadas em campo aberto, pois precisam de sol pleno para se desenvolverem da melhor forma possível, mesmo com a desvantagem das chuvas de verão que ocasionam perdas por excesso de umidade. Em algumas épocas e regiões mais frias do país, chegam até a entrar em hibernação por congelamento. O processo de cultivo é demorado, pois a planta leva oito meses para se enraizar no local, e apenas depois de 3 anos surgem as primeiras florzinhas, ainda pequenas e curtas. Apesar dos contratempos climáticos, é uma produção duradoura.
 
Existem algumas floriculturas que atualmente vendem proteas, mesmo sendo algo ainda muito novo no mercado brasileiro. Uma dessas floriculturas é a Flor da Cidade. Aqui, nós vendemos buquês com composições belas e únicas que contém proteas e outras plantas e sementes, criando buquês harmoniosos e únicos para cada um de nossos clientes. As principais variedades que compõem nossos buquês são a Protea King e Protea Pink Ice, mas por vezes utilizamos outras variações dessa flor. 
 
Além dos buquês, também existe a disponibilidade de realizar a compra de proteas avulsas, visando sempre atender ao que o cliente busca. Somos uma floricultura totalmente online e com disponibilidade e entrega no mesmo dia de acordo com nossos horários pré-definidos, e por isso nossos clientes podem sempre contar com a facilidade de uma entrega direta e atenciosa de carro, cada um de nossos produtos sendo muito bem cuidados desde a seleção de cada uma das flores até a entrega final ao destinatário.
 
Para acompanhar mais sobre flores e nossos produtos, composições e conhecer mais sobre flores, plantas e a floricultura, siga nossas redes sociais, Instagram e Facebook. Em nosso blog, você pode conferir mais sobre esses e outros assuntos relacionados à flores. Até o próximo post!